You are currently viewing Como criar valor para o meu cliente

Olá, pessoal !

Nós aqui outra vez para compartilhar um conteúdo bem interessante para quem empreende ou pretende empreender; não somente no ramo de semijoias, mas também em todos outros setores do mercado. Talvez alguns de vocês já tenham ouvido falar da equação que cria valor para seu cliente ou até já a utilizaram. Não?! Então vamos a uma pergunta direta : Seus clientes reclamam do preço de seus produtos? Querem sempre desconto? O problema pode estar na percepção de valor que você está causando!

Nessa matéria vamos te ajudar a entender essa tal equação como mais uma ferramenta de trabalho e comprar produtos de melhor qualidade sem medo de não conseguir vendê-los por conta de preço.

Vamos apresentar o conteúdo de forma bem sucinta. Se gostar e quiser ir mais a fundo, como ter exemplos mais específicos, é só deixar seu comentário aqui!

“Marketing é a arte de criar valor genuíno aos clientes”

Philip Kotler , pai do marketing

 

Como criar valor para o meu cliente ?

1 equação

8 elementos de percepção ( 4 de valores, 4 de custos)

“Todo comprador, ao analisar uma oferta de produto ou serviço, faz uma “conta mental” em que soma todo o valor que percebe na solução oferecida pelo seu negócio e subtrai todos os custos inerentes a ela. O resultado é o que se chama de Valor Entregue para o Cliente, que é o que você deve evidenciar para ele no processo de venda.” Que é , em outras palavras, aumentar sua percepção de valor e diminuir sua percepção de custo.”

Existem 4 elementos que entram na percepção de valor

Valor da marca

Valor do pessoal

Valor dos servoços

Valor do produto

 

Valor da Marca

Aqui entra o valor de imagem e prestígio da sua marca, onde os valores podem ser palpáveis e não palpáveis. Não deixe de usá-los ao fazer suas vendas.

Valor do pessoal

Aqui entra em conta toda sua competência pessoal e dos seus funcionários em dar atendimento e atenção às necessidades do cliente.

“Coloque-se na posição da pessoa para quem você tem que vender, entenda suas necessidades reais, e busque a solução ideal, aquela que você adotaria para você”. Seu cliente conta como valor a confiança que pode dar a sua acessoria e a sua opinião.

Valor dos serviços

Esse é um valor também fundamental que engloba a assistência técnica, todo o atendimento ao cliente, a velocidade de respostas a chamados, pós-venda, e outras atividades semelhantes.

Valor do produto

O valor do produto são os benefícios que este traz para o cliente e que ele consegue perceber. Lembre-se, aqui não se trata de preço, mas de valor: o quão valioso pode ser aquele brinco ou colar, por exemplo, para sua cliente.

Alguns elementos da valorização do produto que podem e devem ser apresentados: design, confiabilidade, durabilidade, melhor caimento, versatilidade e simplicidade de uso.

 

 

Esses são os 4 elementos que entram na percepção de custo:

Custo psíquico

Custo de energia física

Custo de tempo

Custo monetário

 

Custo psíquico

Todo o estresse mental e impactos emocionais desprendido nessa compra.

Alguns exemplos de como diminuir esse custo:

Deixar o comprador mais seguro e confiante quanto a qualidade dos seus produtos e serviços, sem que ele tenha que perguntar.

Agilizar o processo de compra e deixá-la o mais confortável e agradável possível.

Custo de energia física

Toda a energia necessária para analisar sua oferta e negociar com você.

Crie um ambiente de negócio em que seu cliente faça o menor esforço possível para tomar a decisão de compra com conforto e tranquilidade. Se possível , evite que ele se desloque e vá até ele.

Custo de tempo

O custo de tempo envolve o tempo dentro da negociação/da compra e o tempo para o recebimento do produto ou serviço.

Custo monetário

Esse é o elemento do preço do produto. E aqui entra um aspecto importante: simplesmente baixar o preço, para diminuir a percepção de custo, sem outra compensação para o comprador não cria valor para o cliente, apenas deprecia o produto ou serviço que sua empresa comercializa.

“Uma pesquisa realizada no meio da quarentena em 2020 comprova que a percepção de preço do cliente é alta quando ele não enxerga a percepção de valor. Você sabia que 85% das pessoas, nessa pesquisa, responderam que pagariam mais caro por um produto ou um serviço se esse a proporcionasse uma experiência diferenciada ?!”

Então, seu esforço deve estar sempre no valor da solução que você oferece e não no preço. Valorize seu produto! Não tenha medo de “vender” qualidade e sentimentos de satisfação, tem muitos buscando por isso.

 

Créditos autorais das imagens: <a href=’https://br.freepik.com/fotos/negocio’>Negócio foto criado por pch.vector – br.freepik.com</a>

 

Deixe um comentário